Leia também:
X Coreia do Norte confirma teste com míssil, e ONU faz reunião

Médicos transplantam rim de porco para humano pela 1ª vez

Procedimento foi um sucesso, e órgão não sofreu rejeição do organismo receptor

Thamirys Andrade - 20/10/2021 17h44 | atualizado em 20/10/2021 17h53

cirurgia
Procedimento pode diminuir filas de transplante [imagem ilustrativa] Foto: National Cancer Institute / Unsplash
Médicos da Universidade de Nova Iorque conquistaram um avanço científico que pode salvar vidas de pacientes na fila de transplante. Em feito inédito, os profissionais da saúde conseguiram realizar o primeiro transplante de um rim de porco para um ser humano. O procedimento foi um sucesso, e o órgão não teve rejeição imediata do organismo receptor.

Segundo informações da agência Reuters, o transplante ocorreu em uma paciente que teve morte cerebral e que apresentava sinais de disfunção renal. O procedimento foi realizado no NYU Langone Health.

Antes que o órgão fosse transplantado, a equipe liderada pelo cirurgião Robert Montgomery alterou genes para retirar as moléculas responsáveis pela rejeição imediata ao órgão.

Finalmente, o rim foi apensado aos vasos sanguíneos da paciente e mantido fora do corpo por três dias para que o órgão fosse monitorado pelos médicos durante o experimento.

E as notícias são ótimas: segundo os pesquisadores, o rim produziu a quantidade adequada de urina, equivalente a de um rim humano transplantado.

O próximo passo dos cientistas é testar o procedimento em pacientes com insuficiência renal em estágio terminal. A ideia é contemplar casos urgentes de pessoas não podem esperar por muito tempo nas filas de transplante.

Leia também1 Milagre! Menino de 4 anos cai de penhasco e sobrevive quase ileso
2 Coreia do Norte confirma teste com míssil, e ONU faz reunião
3 Ataques distintos deixam ao menos 22 mortos na Síria
4 No Texas, avião com 21 pessoas cai, e todos saem ilesos
5 Haiti: Criminosos exigem R$ 94 milhões para soltar missionários

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.