Leia também:
X Extrema-direita vence eleições para Senado da Holanda

Maduro prende assessor de Guaidó e EUA promete reação

Juan Guaidó denunciou a prisão de um de seus assessores

Gabriela Doria - 21/03/2019 17h52 | atualizado em 21/03/2019 17h58

Juan Guaidó denunciou a prisão de seu assessor Foto: EFE/ Rayner Peña

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, prometeu uma dura resposta a Nicolás Maduro por causa da prisão de um dos assessores de Juan Guaidó, presidente interino da Venezuela. Roberto Marrero foi preso em casa na última madrugada.

– Maduro cometeu outro grande erro. A prisão ilegal de Roberto Marrero, assessor do presidente interino Juan Guaidó, não ficará sem resposta. Ele tem que ser libertado imediatamente e ter sua segurança garantida – exigiu Bolton.

A comunidade internacional acredita que a prisão de Marrero é o início de uma possível ofensiva contra os opositores de Maduro.

Em tom de ameaça, Bolton garantiu que “sanções mais duras ainda virão”. Ainda de acordo com o conselheiro, a Venezuela será “estrangulada financeiramente, caso a usurpação de Maduro e seus aliados não termine”.

Leia também1 Polícia impede passeata de apoiadores de Juan Guaidó
2 EUA: Embaixador de Guaidó assume sedes diplomáticas
3 Nicolás Maduro exige a renúncia de todos os ministros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.