Leia também:
X Jornal investigativo sugere que Putin tem câncer; Kremlin nega

Kremlin: Ataque ucraniano em território russo prejudica negociações

Governo da Ucrânia se recusou a confirmar ou negar a ofensiva

Pleno.News - 01/04/2022 14h58 | atualizado em 01/04/2022 16h04

Dmitry Peskov Foto: EFE/Sergei Karpukhin

O Kremlin disse nesta sexta-feira (1°) que o suposto ataque por parte da Ucrânia a um depósito de combustível em Belgorod, na fronteira russo-ucraniana, não cria boas condições para a continuação das negociações de paz entre Moscou e Kiev.

– Naturalmente, isso não é algo que possa ser percebido como criando condições confortáveis para a continuação das negociações – disse o porta-voz presidencial russo, Dmitry Peskov, em sua entrevista coletiva diária.

Peskov acrescentou que o presidente russo, Vladimir Putin, foi informado sobre o incidente e pediu para aguardar pela avaliação militar sobre o fato, que ocorreu, segundo a versão russa, nas primeiras horas da manhã.

Horas antes, Moscou denunciou um ataque ucraniano a um depósito de combustível em território russo.

Segundo o governador da região de Belgorod, Vyacheslav Gladkov, dois helicópteros das Forças Armadas da Ucrânia, voando baixo, conseguiram atingir um depósito de petróleo localizado nos arredores de Belgorod, causando um incêndio.

O incidente, que até o momento não foi comentado pelo lado ucraniano, não deixou vítimas, de acordo com Moscou.

Belgorod está localizada a cerca de 30 quilômetros da fronteira ucraniana e a cerca de 70 quilômetros de Kharkiv, a cidade mais importante do leste da Ucrânia.

*EFE

Leia também1 Ucrânia faz 1° ataque dentro da Rússia, diz governo local
2 Zelensky destitui dois generais considerados "traidores"
3 Joe Biden liberará 1 milhão de barris de petróleo por dia
4 Trump pede que Putin divulgue "sujeiras" sobre família de Biden
5 Israel reforça segurança devido a onda de ataques terroristas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.