Leia também:
X Detentas de presídio feminino engravidam de prisioneira trans

Jovem morre após passar mal encenando a Paixão de Cristo

Sule Ambrose caiu no chão sangrado, e plateia achou que fazia parte da encenação

Thamirys Andrade - 18/04/2022 16h31 | atualizado em 18/04/2022 17h10

Jovem morre ao passar mal durante a peça Paixão de Cristo
Sule Ambrose tinha 25 anos Foto: Reprodução / Facebook

Um jovem que estudava para se tornar padre morreu ao passar mal enquanto atuava na peça Paixão de Cristo, no Sudeste da Nigéria. Em determinado momento da trama, Sule Ambrose, de 25 anos, caiu no chão e começou a sangrar. A plateia não percebeu que se tratava de uma enfermidade, pois achou que fazia parte da peça de teatro.

Segundo informações da mídia local, Ambrose interpretava o papel de Simão Pedro, um dos discípulos de Jesus. O jovem estudava no seminário para formação de padres, na Universidade Clariantiana em Nekede.

Micheal Eluwa, uma testemunha ocular, relatou o ocorrido em entrevista ao Vanguard.

– Inicialmente, quando aconteceu, pensamos que era uma piada e que fazia parte do drama. Foi quando ele não conseguiu se levantar que foi quando soubemos que era um assunto sério e ele foi levado às pressas para um hospital escolar – detalhou.

Diante do agravamento do caso, o jovem foi transferido a um centro médico federal.

– Foi a partir daí que soubemos que ele não sobreviveria – lamentou a testemunha.

Como esperado por Eluwa, o jovem não resistiu e foi à óbito. Segundo a Universidade, a causa da morte do rapaz ainda é desconhecida.

Leia também1 Cartaz da Via Sacra de Teresina mostra Jesus rodeado de misses
2 Atriz sobre cartaz da Paixão de Cristo: 'Sem verba para figurino'
3 CCO celebra sucesso da série The Chosen: "Hollywood não faria"
4 Papa pede paz na Ucrânia e cita risco nuclear: "Páscoa de guerra"
5 The Chosen é um dos apps mais baixados da Apple e da PlayStore

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.