Leia também:
X Polícia procura dono de sacola com ouro esquecida em trem

Jornalista é condenada por difamação nas Filipinas

Juíza que aplicou a sentença disse que liberdade de imprensa não pode ser usada como escudo

Rafael Ramos - 15/06/2020 15h35

Jornalista Maria Ressa é condenada nas Filipinas Foto: EFE/EPA/Mark B. Cristino

A jornalista e diretora do site de notícias filipino Rappler, Maria Ressa, pode pegar até seis anos de prisão após ser condenada por crime de difamação online. A sentença foi expedida por um tribunal em Manila, nesta segunda-feira (15), e tem relação com uma série de matérias publicadas por Ressa em 2012 ligando o empresário Wilfredo Keng ao tráfico de drogas e de seres humanos.

A jornalista negou as acusações e vai esperar a finalização da sentença em liberdade após pagamento de fiança. A juíza Rainelda Estácio-Montesa afirmou que a liberdade de imprensa não pode ser usada como escudo. Contrária ao governo das Filipinas, Ressa é conhecida por suas duras críticas ao presidente do país, Rodrigo Duterte.

O Rappler responde a uma série de processos judiciais e teve sua licença suspensa em 2018. O portal tem dois processos em andamento por uma suposta violação de propriedade estrangeira e por falta de pagamento de impostos.

Entidades de Direitos Humanos apontam perseguição política contra Maria Ressa. O caso tem gerado preocupação quanto à liberdade de imprensa nas Filipinas.

Leia também1 Wesley Ros: "Eu sou atacado diretamente por negros"
2 Sergio Moro celebra prisão de Sara Winter e bolsonaristas
3 MG: Incêndio atinge parte do Museu de História Natural
4 Polícia procura dono de sacola com ouro esquecida em trem
5 Paraguai está há mais de um mês sem mortes por Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.