Leia também:
X EUA: Obama celebra aniversário em festa com aglomeração

Itália intercepta carta enviada ao papa contendo munição

Carta tinha também uma mensagem relacionada aos escândalos financeiros do Vaticano

Paulo Moura - 09/08/2021 09h48 | atualizado em 09/08/2021 10h00

Papa Francisco Foto: EFE/Giuseppe Lami

A polícia da Itália interceptou uma correspondência, que seria enviada ao papa Francisco, contendo três balas de calibre 9 milímetros. O envelope estava em uma agência dos correios da cidade de Milão. Os agentes iniciaram uma investigação sobre o caso com a autorização da procuradora adjunta da cidade, Alessandra Cerreti.

De acordo com a imprensa italiana, a carta tinha também uma mensagem relacionada aos escândalos financeiros do Vaticano e ao julgamento iniciado há poucos dias contra várias pessoas, incluindo o cardeal Ângelo Becciu, indiciado por peculato e abuso de poder. Ele foi suplente na Secretaria de Estado do Vaticano entre 2011 e 2018, um dos cargos mais poderosos da Cúria.

A agência Adnkronos informou que a correspondência enviada ao pontífice não tinha remetente e foi enviada da França. As informações no envelope foram escritas com caneta esferográfica, mas estão quase ilegíveis. Apesar disso, foi possível identificar a informação “Papa – Cidade do Vaticano, Piazza S. Pietro em Roma”.

Leia também1 Patrocinador do COB ironiza uso de camisa da Nike no pódio
2 Juiz nega soltura de homem que incendiou estátua de Borba Gato
3 Flávio Bolsonaro pede acesso a documentos sigilosos da CPI
4 EUA: Obama celebra aniversário em festa com aglomeração
5 Biblioteca recebe de volta livro que foi emprestado há 50 anos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.