Leia também:
X Eleições do Peru: Keiko Fujimori pede anulação de 200 mil votos

Itália avalia aplicação de 3ª dose da vacina contra a Covid-19

Anúncio foi feito pelo comissário extraordinário para emergência da pandemia

Pierre Borges - 10/06/2021 13h14 | atualizado em 10/06/2021 13h26

Itália pretende vacinar 80% da população até setembro Foto: EFE/Ricardo Maldonado

Na última Segunda-feira (7), o comissário extraordinário para emergência da Covid-19 na Itália, Francesco Figliuolo, afirmou durante audiência na Câmara que pode ser necessária “pelo menos” uma dose adicional da vacina.

O governo italiano pretende, segundo Francesco, “vacinar 80% da população até setembro deste ano, incluindo os [adolescentes] de 12 a 15 anos, um total de 54,3 milhões de italianos”. Otimista, ele disse que o dever da comissão é “proteger a saúde e a vida” dos cidadãos da Itália, “restabelecendo as condições que favoreçam o relançamento do país”.

– Não devemos desperdiçar nada em termos de recursos, pessoas, tempo e meios. A Itália tem tudo. Só precisamos saber como juntar [isso] e de forma coordenada – afirmou.

Para o comissário, a campanha de vacinação está em um ponto em que urge “uma transição gradual, mas necessária das vacinações realizadas de maneira centralizada nos hubs para um sistema de ‘vacinações deslocalizadas’, muito mais difundido e próximo dos cidadãos”. O italiano ressaltou o objetivo de completar a imunização das categorias mais frágeis e de maiores de 80 anos.

Leia também1 EUA e UE querem nova apuração sobre laboratório de Wuhan
2 Mais 936 mil doses da vacina da Pfizer chegam ao Brasil
3 Anvisa aprova teste em humanos com a vacina Butanvac
4 Kátia Abreu desafia Bolsonaro e "exige" demissão de Salles
5 Ex-atriz pornô Mia Khalifa posta meme e ironiza CPI da Covid

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.