Leia também:
X Morre apresentadora que disse ter poucos dias de vida

Israel fecha única passagem de pedestres para Gaza

Medida foi tomada após confrontos na região

Jade Nunes - 05/09/2018 09h51

A Passagem de Erez é a única destinada ao trânsito de pessoas entre Israel e Gaza Foto: EFE/Haitham Imad

As autoridades israelenses fecharam nesta quarta-feira (5) a Passagem de Erez, a única destinada ao trânsito de pessoas entre Israel e Gaza, e só abrirá em casos humanitários, depois dos protestos de ontem em rejeição à política do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de cancelar a ajuda dada à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA).

O Exército israelense comunicou que o motivo do fechamento foram os “violentos distúrbios de ontem investigados na área da Passagem de Erez, com a participação de centenas de arruaceiros palestinos que lançaram pedras e danificaram a infraestrutura da ponte no lado palestino”. A ligação permanecerá fechada até que os reparos sejam feitos, enquanto isso o trânsito de pessoas se limitará aos casos humanitários “aprovados de modo individual”, de acordo com o órgão.

Pelo menos três palestinos foram feridos nesta terça (4) por soldados israelenses no norte de Gaza, segundo fontes médicas palestinas. Eles estavam nos enfrentamentos que explodiram durante um protesto no qual participaram centenas de pessoas nas imediações da cerca que separa Israel de Gaza, território que está sob bloqueio de Israel desde que o Hamas tomou o controle da Faixa em 2007.

Os protestos eram contra à política de Trump na região, em particular, pela recente decisão dos Estados Unidos de cancelar a contribuição à UNRWA, que era o maior doador e que contribuía com 360 milhões de dólares (cerca de R$ 1.5 bilhão) anuais.

A Passagem de Erez já tinha sido fechada em 19 de agosto e reaberta sete dias depois, como resposta aos distúrbios ocorridos dias antes.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Morre apresentadora que disse ter poucos dias de vida
2 Mãe é presa acusada de matar o próprio filho de 2 anos
3 Egito quer abrir caminho da Sagrada Família para turismo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.