Leia também:
X Pandemia leva papa a cortar salários de cardeais e clérigos

Irã: Filha executa a própria mãe por assassinato de pai abusador

Filha de 19 anos tinha o poder de perdoar a mãe, mas preferiu não fazê-lo

Pierre Borges - 24/03/2021 18h36

Forca
Maryam Karimi foi condenada por homicídio premeditado Foto: Reprodução

No Irã, uma mulher acusada de matar o marido com a ajuda de seu pai cumpriu 13 anos de prisão foi condenada à pena de morte e teve sua própria filha, de 19 anos, como carrasco.

Maryam Karimi e seu pai, Ebrahim, foram presos 13 anos atrás acusados de homicídio premeditado por terem assassinado o marido de Karimi, que segundo o jornal britânico The Mirror era violento, abusador e não concordava com o divórcio. Somente ela, porém, recebeu a pena de morte pelo crime.

A filha de Karimi, que tinha 6 anos quando o pai foi assassinado, achava que era órfã e teve a verdade revelada semanas antes da execução, para “prepará-la psicologicamente”, segundo fontes disseram ao Iran Human Rights. Ela poderia ainda perdoar a mãe para livrá-la da pena, ou exigir uma restituição em dinheiro, mas optou por executá-la.

LEGISLAÇÃO IRANIANA
Devido à um dispositivo legal chamado de Qisas, a lei iraniana exige que, em casos de homicídio, os parentes da vítima estejam presentes, no momento da execução, além de serem incentivados a, eles mesmos, finalizarem a pena. O Qisas é uma espécie de “olho por olho” que permite que os filhos das vítimas de assassinato sejam os carrascos dos acusados.

A lei ainda permite que os filhos da vítima perdoem o acusado, ou substituam a pena de morte por uma restituição financeira (chamada, no Irã, de ‘Diya’). O Qisas, inclusive, permite, mas não obriga que os filhos da vítima executem os culpados. Mesmo com todas essas opções, a filha de Karimi optou por puxar a alavanca que enforcaria sua própria mãe.

Leia também1 Pesquisadores buscam conexões entre tuberculose e Covid
2 Pandemia leva papa a cortar salários de cardeais e clérigos
3 AstraZeneca: Na Ucrânia, dois militares morrem após vacina
4 Joice promete sair do Brasil se eleição for entre Bolsonaro e Lula
5 Israel: Netanyahu reivindica uma "imensa vitória da direita"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.