Leia também:
X Hong Kong: Aeroporto reabre após protestos contra China

Igrejas alemães perderam 400 mil membros em 2018

A queda foi registrada tanto entre os católicos como protestantes

Pedro Ramos - 13/08/2019 11h55 | atualizado em 13/08/2019 17h52

De acordo com dados publicados pela Conferência dos Bispos da Alemanha e da Igreja Evangélica na Alemanha, em 2018 a Igreja Católica perdeu mais de 216 mil membros e as igrejas protestantes 220 mil. Um total de pouco mais de 400 mil pessoas.

Cerca de 23 milhões de alemães ainda são membros da Igreja Católica e 21 milhões frequentam congregações protestantes. Os dois grupos representam um total de 53,2% da população.

– Já que as pessoas de hoje, diferentemente do passado, decidem por liberdade se querem pertencer à igreja, é importante para nós hoje esclarecer por que a mensagem cristã é uma base tão forte para a vida – disse Hans Langendörfer, secretário da Conferência dos Bispos da Alemanha, ao comentar os dados.

Um estudo da Universidade de Friburgo revelou que o número de pessoas pertencentes as duas principais igrejas do país cairá pela metade até 2060.

Leia também1 Pr. Lucinho aborda a trajetória do apóstolo Paulo em ebook
2 Bruna Karla grava o programa Só Toca Top, da Rede Globo
3 Nada a Perder, sobre Edir Macedo, passará na Record TV

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.