Leia também:
X Pandemia da Covid-19 é tema de novo clipe de Delino Marçal

Idosa vence a Covid-19 após sobreviver à gripe espanhola

Aos 102 anos, a americana Mildred Geraldine Schappals também enfrentou dois cânceres

Pleno.News - 04/08/2020 13h09

Mildred Geraldine Schappals, de 102 anos, venceu o coronavírus Foto: Reprodução

Mildred Geraldine Schappals foi vítima da pandemia de gripe espanhola, em 1918, quando era um bebê de 11 meses. E agora, aos 102 anos, sobreviveu à Covid-19 .

Gerri, como é conhecida, nasceu no estado americano de Massachussets, em 1918. Naquele ano, ela, a mãe e o irmão tiveram gripe. Gerri ficou tão doente que mal podia se mover, segundo contam membros da família. Apesar dos problemas, todos se recuperaram.

Ela acredita que aquela infecção fortaleceu seu sistema imunológico e que a protegeu de gripes e resfriados, que foram raros durante sua vida.

– Ou talvez a Mãe Natureza pensa que eu morri em 1918, então me ignora – brinca.

Gerri ouve e caminha com alguma dificuldade, mas segue lúcida e bem-humorada.

– Não me considero velha – disse ela, com ajuda da filha, ao jornal The Washington Post.

Ao falar sobre sua vida, ela lembra que, durante sua infância, militares que haviam lutado na Guerra Civil Americana (1861-1865) vinham contar sua experiência nas escolas. Também conta ter lembranças da campanha eleitoral de 1928.

Ela se tornou professora do ensino fundamental e depois foi supervisora educacional. Se casou com Everett, marinheiro que combateu na Segunda Guerra e morreu em 1983. Os dois tiveram duas filhas, três netas e seis bisnetas.

Após se aposentar, no fim dos anos 80, Gerri sofreu com um câncer de mama e, depois, um tumor no intestino. Se recuperou de ambos com tratamentos e cirurgias.

Em maio deste ano, ela se sentiu mal e apresentou febre. No hospital, foi diagnosticada com o coronavírus. Suas filhas ficaram bastante preocupadas, pela idade da mãe, mas Gerri se recuperou bem e não teve complicações, de acordo com a rede de TV CNN.

Perguntada sobre o segredo para viver tanto e com saúde, a aposentada diz que busca manter o bom humor e não se preocupar muito com as coisas. E que adora beber vinho tinto.

* Folhapress

Leia também1 Coronavírus e outras grandes epidemias ao longo da história
2 Irmãs de 100 e 96 anos vencem o novo coronavírus
3 Pandemia da Covid-19 é tema de novo clipe de Delino Marçal
4 Prefeito promete tratar Covid com aplicação retal de ozônio
5 Coronavírus: Portugal vive primeiro dia sem mortes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.