Leia também:
X Vídeo: Avião militar cai em cima de casa e mata mulher

Covid-19: Hong Kong suspende uso da vacina da Pfizer

Macau também suspendeu, temporariamente, o imunizante

Pleno.News - 24/03/2021 15h29 | atualizado em 24/03/2021 15h30

Hong Kong suspende uso da vacina da desenvolvida pela Pfizer Foto: Reprodução

Hong Kong e Macau suspenderam temporariamente nesta quarta-feira (24) a aplicação da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelas companhas Pfizer e BioNTech, devido a defeitos na embalagem de um dos lotes do produto. O governo de Hong Kong justificou a decisão “por razões de segurança”.

A farmacêutica alemã BioNTech notificou os territórios semiautônomos de problemas nas tampas dos frascos do lote 210102, o que levou os governos a decidirem suspender a vacinação, enquanto o problema é investigado.

Integrantes do Departamento de Saúde de Hong Kong se reunirá hoje com a Fosun Industrial, parceira da Pfizer e da BioNTech para distribuição na China, com o objetivo de saber mais detalhes e acompanhar o incidente.

O governo de Macau confirmou que todas as vacinas de RNA recebidas no país pertencem a esse lote.

De acordo com balanço mais recente, 152,2 mil pessoas receberam a vacina Pfizer-BioNtech em Hong Kong, e 39.257 em Macau.

A Comissão Nacional de Saúde da China informou hoje que, 90.125 pessoas deram positivo para o novo coronavírus na China continental, com 4.636 mortes.

Já Hong Kong teve 11.410 casos de infecção confirmados, com apenas 204 mortos. Macau registrou somente 48 positivos para a Covid-19 desde o início da pandemia.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 EUA e Europa sancionam China por violar direitos religiosos
2 China impõe sanções a indivíduos e entidades da UE
3 EUA impõem sanções a autoridades chinesas por abusos
4 China afirma que irá discutir mudanças climáticas com EUA
5 OMS espera divulgar relatório do coronavírus na China em breve

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.