Leia também:
X Coreia do Norte realiza teste de míssil de longo alcance

Homem que deu tapa em Macron é solto: “Não me arrependo”

Damien Tarel ironizou dizendo que o presidente "se recuperou muito bem"

Thamirys Andrade - 13/09/2021 12h02 | atualizado em 13/09/2021 12h27

macron leva tapa no rosto
Emmanuel Macron visitava o Sul da França quando sofreu a agressão Foto: Reprodução

Após deixar a prisão, o jovem Damien Tarel, de 28 anos, afirmou que não se arrepende de ter batido no rosto do presidente da França, Emmanuel Macron. O rapaz passou três meses em regime fechado na penitenciária francesa de Valence, em decorrência da agressão.

– Não me arrependo deste ato. Foi só um “tapinha”, e acho que Macron se recuperou muito bem. Não se trata de uma surra como poderia ter havido nas manifestações dos coletes amarelos, onde o povo expressa o seu descontentamento – declarou Tarel à Rádio França Internacional (RFI).

Durante a entrevista, ele ainda detalhou o que o motivou e afirmou que “o povo está amordaçado”.

– Naquele dia, eu fui desafiar o presidente Emmanuel Macron, e o que vi foram trabalhadores em coletes amarelos que estavam lá para expressar seu descontentamento, pessoas que trabalham muito, muitas vezes idosos, que eram retiradas pelas forças policiais pagas por seus impostos […], e isso me revoltou – relatou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Pleno.News (@plenonews)

Macron foi surpreendido por um tapa ao cumprimentar o povo, em viagem oficial a Tain-l’Hermitage, no Sul da França.

Além da prisão, o autor da agressão teve os direitos civis e políticos suspensos por três anos. Tarel não poderá votar, prestar concursos públicos, nem adquirir arma de fogo por cinco anos. Ele terá de passar ainda por sessões de terapia psiquiátrica.

Leia também1 Coreia do Norte realiza teste de míssil de longo alcance
2 Trump: "Eu amo o presidente do Brasil. Ele trabalha arduamente"
3 Joe Biden libera documentos sigilosos sobre o 11 de setembro
4 11 de setembro: Trump visita policiais e bombeiros de NY
5 Governo Biden processa o Texas por lei restritiva contra o aborto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.