Leia também:
X Rússia é criticada por vender boneca trans para crianças

Turismo alcoólico é proibido em arquipélago da Espanha

Medida visa combater o consumo irrestrito do álcool em locais populares entre jovens

Ana Luiza Menezes - 17/01/2020 21h29 | atualizado em 17/01/2020 22h48

Costa Leste da Espanha Foto: Pixabay

Nesta sexta-feira (17), o governo regional das Ilhas Baleares aprovou uma lei, que proíbe o chamado ‘turismo alcoólico’ no arquipélago. Em caso de descumprimento, a decisão prevê multas que variam de 6 mil (R$ 27 mil) a 60 mil euros (R$ 276 mil).

Um comunicado oficial anunciou a norma.

– É a primeira lei adotada em toda a Europa que restringe a promoção e venda de álcool em certas áreas turísticas – informou o texto.

Segundo a Rádio França Internacional (RFI), a medida visa combater o consumo irrestrito do álcool em locais populares entre os jovens do continente europeu. A regra será aplicada em três áreas conhecidas pela grande concentração de turistas jovens, como as praias de Arenal e Magaluf, além de uma área de bares em Sant Antoni de Portmany.

O arquipélago é considerado um dos maiores destinos turísticos do mundo. Ele é formado pelas ilhas de Ibiza, Maiorca, Menorca e Formentera.

A nova lei proíbe festas open bar, happy hours, publicidade sobre o consumo de álcool e desconto na venda de bebidas. As excursões etílicas, conhecidas como pubcrawling, nas quais turistas visitam vários bares, também foram proibidas.

Outra decisão do governo foi a proibição do balconing, a prática de pular de uma sacada para uma piscina. A medida surgiu após vários acidentes terem sido registrados nos últimos anos.

Leia também1 Museu de Ilusões aposta nas fotos 3D para redes sociais
2 Turistas são perseguidos após tentarem selfie com elefante
3 Israel é escolhido como um dos melhores destinos de 2020

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.