Leia também:
X Eduardo diz que Trump apoia sua indicação à embaixada

Furacão Dorian segue para Flórida na categoria 4

Ventos chegam a 215 quilômetros por hora

Gabriela Doria - 31/08/2019 08h41 | atualizado em 31/08/2019 08h43

Furacão Dorian se aproxima da Flórida na categoria 4 Foto: Nasa/EFE

O furacão Dorian continua ganhando força nas águas do Atlântico e alcançou a categoria 4 na escala Saffir-Simpson, cujo máximo é de 5. Os ventos constantes chegam a 215 quilômetros por hora no caminho rumo à Flórida, segundo informações do Centro Nacional de Furacões (NHC).

Na atualização do seu boletim das 20h (local, 21h de Brasília), o NHC divulgou que o Dorian se fortaleceu e está a cerca de 650 quilômetros ao leste das ilhas do arquipélago das Bahamas e a pouco mais de 900 quilômetros ao leste de West Palm Beach, no sul da Flórida.

O poderoso ciclone se move em direção oeste-noroeste lentamente, a 17 quilômetros por hora, o que faz com que ele ganhe mais potência. As novas previsões indicam que Dorian seguirá para o noroeste nos próximos dias, o que o levaria perto da costa leste da Flórida em vez de terra adentro. Contudo, os meteorologistas do NHC advertem de possíveis ajustes adicionais à esquerda ou direita, dependendo dos diferentes modelos de projeções.

O furacão, “extremamente perigoso”, representa uma “ameaça significativa” para a Flórida e o norte das Bahamas, alerta o NHC, que enviou um avião “caçador de furacões”. A aeronave confirmou que Dorian já é um furacão de “categoria maior”, ou seja, a partir da categoria 3 na escala Saffir-Simpson.

De acordo com as previsões dos meteorologistas, o olho de Dorian deve passar longe do sudeste e do centro das Bahamas nesta sexta-feira e no sábado. A tendência é que se aproxime ou passe pelo noroeste das Bahamas no domingo. Na segunda-feira, deve estar perto da Flórida.

Enquanto isso, os meteorologistas antecipam que haverá mais um fortalecimento do furacão, com ventos acima de 119 quilômetros por hora. Isto provocará uma maré de tempestade “potencialmente mortal” que elevará o nível do mar em até 5 metros no litoral do noroeste das Bahamas e possivelmente gerará ondas “devastadoras”.

Quanto às chuvas, a expectativa é que Dorian produza notáveis acumulações de chuva desde este fim de semana até meados da próxima semana, especialmente no noroeste das Bahamas e em zonas do litoral do sudeste dos Estados Unidos.

Quando tocar o solo na Flórida, Dorian pode seguir rumo ao norte do estado através do interior da península, onde pode perder força, mas sem cair de categoria.

*Com informações da agência EFE

Leia também1 Com risco de furacão, Ana Paula Valadão ora pela Flórida
2 Voos proíbem garrafas de Star Wars com formato de granada
3 "Bolsonaro está trabalhando duro na Amazônia", diz Trump

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.