França alerta que Notre-Dame ainda corre risco de desabar

Incêndio ocorrido em abril danificou parte da estrutura da igreja histórica

Pleno.News - 14/08/2019 12h39

Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Cultura da França fez um alerta público sobre o estado da Catedral de Notre-Dame. A pasta afirmou que a igreja histórica ainda corre “risco persistente” de desabamento.

De acordo com o governo, a recente onda de calor que atingiu a Europa piorou a estrutura. Houve queda de pedras da abóbada da catedral, o que destaca a necessidade de reiniciar as obras de recuperação.

– O ritmo das obras iniciadas no dia 16 de abril se justifica unicamente pela urgência vinculada ao risco persistente de desabamento – anunciou o ministério.

A Notre-Dame sofreu um incêndio de grandes proporções em abril e perdeu parte de sua estrutura. A recuperação foi iniciada logo depois, com aporte do governo e também doações públicas. Mas foi interrompida no último dia 25 de julho, pela preocupação com a saúde dos trabalhadores, expostos a chumbo derretido.

O trabalho de recuperação é minucioso e exige expertise em materiais raros. Apesar de destacar a necessidade de retomar as obras para impedir o desabamento de Notre-Dame, o governo da França disse que a saúde dos operários é prioridade absoluta e prometeu que os protocolos de segurança trabalhista serão reforçados.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM+ França aprova projeto para reconstrução de Notre-Dame
+ Catedral de Notre-Dame tem primeira missa após incêndio
+ Líder de Notre-Dame fala em 'sinais de milagre' na catedral


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo