Leia também:
X De volta à Casa Branca, Donald Trump promete ir a debate

Fome: Pandemia dobra número de pessoas em crise alimentar

ONU estima que cerca de 270 milhões de pessoas estejam em situação de crise neste ano

Pleno.News - 07/10/2020 14h50

Pandemia piorou quadro de crise alimentar no mundo Foto: Agência Brasil/Arquivo

A crise alimentar está piorando em todo o mundo à medida que a pandemia de covid-19 se arrasta, afirmam representantes da Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas.

A pandemia dobrou o número de pessoas com insegurança alimentar aguda, disse Arif Husain, economista-chefe do programa. O total saltou de 135 milhões de pessoas em 2019 para 270 milhões este ano, superando o pico de crise anterior (pós-guerra do Iraque).

Husain disse que o mundo não viu tamanho choque no abastecimento e na demanda por alimentos em escala global no século passado. A pandemia chegou em uma época de colheitas abundantes e amplo suprimento de alimentos, mas as interrupções no comércio e no processamento e transporte deixaram milhões de pessoas com fome em algumas das regiões mais vulneráveis do mundo.

As interrupções na cadeia de abastecimento representam sérios desafios, já que os trabalhadores rurais em localizações como a Europa não conseguem cruzar as fronteiras por causa das restrições relacionadas à pandemia para chegar a lugares em que as safras estão prestes a serem colhidas. Os trabalhadores rurais também foram duramente atingidos pela Covid-19 nos EUA, assim como os trabalhadores de frigoríficos norte-americanos e na Europa.

*Estadão

Leia também1 Campanha subliminar da Record para Crivella é barrada na Justiça
2 Toffoli quer que Ribeiro explique fala sobre homossexuais à PF
3 Malafaia diz que Universal faz "jogo nojento" ao apoiar Kassio
4 Sem Libertadores, Globo começa a negociar futebol para 2021
5 Bolsonaro nomeia 30 novos embaixadores e inclui Forster

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.