Leia também:
X Produtor de cinema Weinstein acumula seis acusações

Filha dá adeus ao pai morto em incêndio na Austrália

Vítima era brigadista voluntário tentando conter as chamas

Camille Dornelles - 07/01/2020 10h54 | atualizado em 07/01/2020 10h58

Nesta terça-feira (7), a pequena Charlotte O’Dwyer emocionou o mundo ao se despedir do pai, o brigadista voluntário Andrew O’Dwer, durante a cerimônia fúnebre. Seu pai tinha apenas 36 anos e morreu junto com um colega, Geoffrey Keaton, de 32 anos, enquanto tentava conter as chamas que assolam a Austrália.

Os dois faziam parte do Serviço de Brigada Rural e faleceram no dia 19 de dezembro quando a caminhonete deles capotou após uma árvore queimada cair na pista. A organização decidiu realizar uma cerimônia fúnebre oficial dedicada aos dois e centenas de pessoas, amigos e familiares compareceram.

Ela aconteceu em Sydney, capital australiana. O primeiro-ministro do país, Sctt Morrison, esteve entre os presentes.

A menina Charlotte chamou a atenção durante a cerimônia ao usar o capacete do pai. O comissário dos bombeiros Shane Fitzsimmons decidiu então entregar a ela a medalha de serviço do pai como forma de reconhecimento de sua atuação no incêndio.

O momento do cortejo fúnebre também emocionou os presentes, quando Charlotte beijou o caixão de Andrew.

Leia também1 Fumaça da Austrália avança e deve chegar logo ao Brasil
2 Nicole Kidman faz doação para incêndio na Austrália
3 Tênis: Incêndios podem adiar início do Aberto da Austrália

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.