Leia também:
X Vingança entre famílias deixa 10 mortos em tiroteio no Egito

FBI atribui ataque cibernético contra a JBS a grupo russo

Caso levantou preocupações sobre uma possível escassez de produtos

Pleno.News - 03/06/2021 12h10 | atualizado em 03/06/2021 12h11

JBS foi alvo de ataque hacker que pode prejudicar abastecimento de carne no mundo Foto: Reprodução/Facebook

Um grupo de cibercriminosos baseado na Rússia esteve por trás do ataque que praticamente paralisou a atividade da empresa brasileira JBS, uma das maiores companhias de processamento de carnes do mundo.

Em um comunicado, o FBI confirmou que o ataque cibernético pode ser atribuído ao grupo russo REvil, também conhecido como Sodinokibi, e acrescentou que está “trabalhando diligentemente para levar os atores do ataque à Justiça”.

A JBS sofreu um grande ataque cibernético no último fim de semana, que levantou preocupações sobre uma possível escassez de seus produtos, especialmente nos Estados Unidos.

A empresa é a segunda maior do setor nos EUA e responsável por até 20% dos produtos de carne processados no país. Além disso, o ataque levou ao fechamento das operações da companhia no Canadá e na Austrália.

O REvil é um dos cartéis cibercriminosos mais prolíficos e lucrativos do mundo.

Na última terça-feira (1°), a Casa Branca apontou a Rússia como a principal responsável pelo ciberataque contra a JBS.

Sua vice-porta-voz, Karine Jean-Pierre, disse à imprensa que o governo dos Estados Unidos está em contato com o russo sobre este assunto e deixou claro que “os Estados responsáveis não dão refúgio aos criminosos do ‘ransomware'”.

Os ataques de ransomware bloqueiam sistemas de computador que não são liberados até que empresas ou instituições paguem um resgate aos hackers.

– Nossas parcerias com o setor privado são essenciais para responder rapidamente quando ocorre uma intrusão cibernética e fornecer apoio às vítimas afetadas por nossos adversários cibernéticos – observa o FBI em sua nota.

Um ataque cibernético contra qualquer pessoa é “um ataque a todos nós. Encorajamos qualquer entidade que seja vítima de um ataque cibernético a notificar imediatamente o FBI por meio de um de nossos 56 escritórios de campo – completou o comunicado.

*EFE

Leia também1 JBS é alvo de ataque hacker que pode causar escassez de carne
2 Novo escândalo de espionagem gera crise entre EUA e Europa
3 Com povo faminto, Maduro gasta R$ 300 mil com cantor
4 Vingança entre famílias deixa 10 mortos em tiroteio no Egito
5 Governador da Flórida assina lei contra transgêneros em esportes femininos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.