Leia também:
X OMS diz que variante Delta será dominante em todo o planeta

Faixa ‘Deus abençoe abortos’ é pendurada em estátua de Cristo

Caso ocorreu no Arkansas, Estados Unidos

Thamirys Andrade - 12/07/2021 13h43 | atualizado em 12/07/2021 13h57

Ativistas penduram faixa ‘Deus abençoe os abortos’ na estátua de Cristo em Arkansas
Autoria foi reivindicada pelo coletivo Indecline Foto: Indecline

Um grupo de ativistas pertencentes ao coletivo Indecline pendurou uma faixa com a inscrição “Deus abençoe os abortos” nos braços de uma estátua de Jesus, no Arkansas (EUA), na última quinta-feira (8). Os manifestantes, que se declaram “artistas”, invadiram a propriedade vestidos como trabalhadores da construção civil para realizar a ação.

– Achamos que Jesus entenderia o conceito de uma decisão difícil. Ele supostamente teve que tomar algumas [decisões] e entendeu o sacrifício muito intimamente. O Cristo do Ozarks é visível a quilômetros de distância, então nós o tratamos como um outdoor – disse o grupo nas redes sociais.

De acordo com eles, o ato foi uma resposta às “tentativas dramáticas feitas em Arkansas e em todo o Sul e proibir os serviços de aborto para mulheres em necessidade”. Para os membros do Indecline, “o aborto é um milagre que vale a pena celebrar”.

Conhecida como “Estátua do Cristo do Ozarks”, a escultura foi erguida em 1966 na Montanha Magnética, próxima a Eureka Springs. Randall Christy, curador do monumento, lamentou o ocorrido e pediu para que Deus toque os membros do Indecline “os faça perceber o quão ruim essa mensagem é”. Christy também anunciou que apresentará uma queixa contra o grupo por invasão de propriedade e vandalismo.

À CBN News, o Indecline afirmou estar feliz em aceitar as acusações criminais e declarou que as pessoas ofendidas “precisam de uma bússola moral recalibrada”.

Em março deste ano, o grupo também causou polêmica no Mississippi ao vandalizar um outdoor cristão, substituindo a frase “Preocupado? Jesus oferece segurança” por “Preocupado? A Planned Parenthood oferece abortos”, em referência à maior organização do mundo engajada em realizar interrupções de gestações.

Leia também1 Cirurgia de Josué Valando foi um sucesso, diz comunicado
2 Construção do período do Segundo Templo é achada ao lado do Muro das Lamentações
3 Karina Bacchi testemunha como Deus restaurou seu casamento
4 China é o país em que igrejas mais são atacadas, diz missão
5 Do Islã ao Evangelho: Iraniano relata sua conversão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.