Leia também:
X Suprema Corte força Trump a mostrar declaração de impostos

Facebook remove da rede página de militares de Mianmar

Medida ocorre após a morte de dois manifestantes durante protesto contra tomada de poder pelos militares

Pleno.News - 22/02/2021 21h47 | atualizado em 23/02/2021 10h56

Facebook remove do ar página de militares de Mianmar Foto: Reprodução

Neste domingo (21), o Facebook decidiu remover a página principal dos militares de Mianmar. A empresa tomou a decisão um dia após dois manifestantes contra o governo serem mortos pela polícia, durante uma manifestação contra a tomada de poder pelos militares.

“Em linha com nossas políticas globais, removemos a página da equipe de informações do Tatmadaw True News do Facebook, por violações repetidas de nossos Padrões da Comunidade que proíbem o incitamento à violência e a coordenação de danos”, informou a empresa em comunicado.

Os manifestantes foram alvejados no sábado (20), durante um protesto contra a derrubada do governo eleito de Aung San Suu Kyi.

A tomada de poder pelos militares ocorreu no dia 1º de fevereiro.

Leia também1 WhatsApp adota sanções para quem não aceitar "mudanças"
2 Bolsonaro reclama de home office do presidente da Petrobras
3 Damares anula mais de 120 benefícios a anistiados políticos
4 Eduardo Bolsonaro elogia o tratamento precoce da Covid-19
5 Saiba quanto custa um ministro do STF aos cofres públicos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.