Leia também:
X Covid-19: Após um ano, equipe da OMS chega a Wuhan

EUA: Única mulher no corredor da morte será executada em 12 de janeiro

Lisa Montgomery foi condenada por matar grávida e retirar bebê do corpo da mãe

Pleno.News - 03/01/2021 21h40 | atualizado em 04/01/2021 09h58

Lisa Montgomery Foto: Reprodução

Um tribunal federal de apelações decidiu restabelecer a data de execução de Lisa Montgomery, a única mulher no corredor da morte nos Estados Unidos (EUA). Com a medida, ela será executada no dia 12 de janeiro.

A execução estava marcada inicialmente para o dia 8 de dezembro, mas foi adiada após dois advogados de Lisa Montgomery serem infectados com a Covid-19. No dia 24 do mês passado, um juiz de primeira instância negou a remarcação da data por considerar que ela não seguia um cronograma adequado. Esta foi a decisão derrubada pelo tribunal de apelações.

Lisa Montgomery, de 52 anos, foi condenada por assassinar, em 2004, uma grávida de 23 anos. Após o crime, Lisa usou uma faca para retirar o bebê de dentro do útero da mãe da criança e sequestrou-a. O bebê sobreviveu ao crime e foi entregue ao seu pai biológico.

Lisa será a primeira mulher a ser executada desde 1953.

Leia também1 Pence vai à Justiça para evitar mudança no resultado da eleição
2 Fim de ano: Putin cumprimenta Bolsonaro e outros líderes
3 Trump é eleito pelos americanos o homem mais admirado do ano
4 Trump defende 'auxílio Covid' de 2 mil dólares para americanos
5 Trump fala em fraude e chama Biden de 'falso presidente'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.