EUA: Suprema Corte inicia audiência sobre direitos gays

Juízes avaliam direito de empregadores demitirem um funcionário homossexual ou trans

Pleno.News - 09/10/2019 18h06

EUA: Suprema Corte inicia audiência sobre direitos gays e trans Foto: Reprodução

Na terça-feira (8), os nove juízes da Suprema Corte dos Estados Unidos começaram a avaliar um caso que garante aos empregadores o direito de demitir um funcionário homossexual ou trans. A audiência representa um marco histórico por se tratar de um tema que divide opiniões na sociedade americana.

O presidente Donald Trump demonstrou apoio aos empregadores. No país, 22 estados proíbem a discriminação de gays na área profissional.

Cerca de 100 pessoas se reuniram diante do prédio da Suprema Corte, em Washington, para demonstrar apoio aos direitos LGBT.

Os juízes analisarão, pela primeira vez, o caso de uma pessoa trans. Aimee Stephens, que nasceu homem, perdeu o emprego após assumir uma identidade feminina.

LEIA TAMBÉM+ Prefeito não cumpre promessa e é arrastado de carro por ruas
+ Autor de livro sobre ideologia de gênero: "Eu estava errado"
+ Monge indiano de 123 anos assusta ao mostrar passaporte


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo