Leia também:
X Nasa revela descoberta que “entra para o livro dos recordes”

EUA oferecem US$ 5 milhões por dados de propinas da Odebrecht e Braskem

Departamento de Justiça dos Estados Unidos e o FBI querem informações sobre quem recebeu pagamentos das empresas brasileiras

Pleno.News - 30/03/2022 16h55 | atualizado em 31/03/2022 12h32

EUA oferecem dinheiro por informações sobre propinas da Braskem e Odebrecht Foto: Pixabay

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e o FBI estão oferecendo uma recompensa de 5 milhões de dólares (R$ 23,7 milhões) em troca de informações sobre pessoas que receberam propinas da Odebrecht e da Braskem. As informações são do portal UOL.

Por meio das redes sociais, o Departamento de Justiça anunciou um link sobre o programa de recompensa.

– O Departamento de Justiça e o FBI buscam informações vinculadas a destinatários de propinas pagas pela Odebrecht S.A. e Braskem S.A. Você pode receber recompensa de até 5 milhões de dólares – diz a publicação.

A Braskem é o braço petroquímico da Odebrecht (rebatizada de Novonor).

Em 2021, o ex-presidente da Braskem, José Carlos Grubisich, se declarou culpado, nos EUA, de acusações a respeito de um esquema de corrupção, que movimentou 250 milhões de dólares (R$ 1,1 bilhão) em propinas para garantir negócios que interessavam à Petrobras. Em outubro do mesmo ano, Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão nos EUA.

Leia também1 Biden promete apoio direto de US$ 500 milhões à Ucrânia
2 Ministério envia ao STF resposta sobre extradição de Allan
3 Comandante admite possível falha da Inteligência dos EUA sobre guerra
4 Biden justifica fala controversa sobre Putin e nega querer guerra
5 Flórida assina lei que proíbe orientação sexual nas escolas primárias

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.