Leia também:
X Vaticano recua após dizer que demitiria quem não se vacinasse

EUA formalizam o retorno ao Acordo Climático de Paris

A medida já havia sido comunicada em decreto assinado no dia da posse do presidente Joe Biden

Pleno.News - 19/02/2021 12h45 | atualizado em 19/02/2021 13h19

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos Foto: EFE/EPA/Doug Mills

O secretário de Estado norte-americano Antony Blinken informou a oficialização do retorno dos Estados Unidos ao Acordo de Paris para o clima, nesta sexta-feira (19). A medida já havia sido comunicada em decreto assinado no dia da posse do presidente Joe Biden, em 20 de janeiro, mas só foi formalizada agora.

Em comunicado, Blinken reitera o compromisso da Casa Branca com a agenda climática, que incluirá uma cúpula sobre o tema no dia 22 de abril.

– Seu propósito é simples e expansivo: ajudar todos nós a evitar o aquecimento planetário catastrófico e construir resiliência ao redor do mundo aos impactos das mudanças climáticas que já vemos – afirmou.

Assinado em 2015, o acordo prevê que a comunidade internacional trabalhe para limitar o aumento da temperatura global a menos de 2ºC – preferencialmente 1,5ºC -, na comparação com os níveis pré-industriais.

Em 2017, o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, revogou a participação do país no tratado, sob argumento de que ele seria prejudicial aos interesses da indústria americana. A decisão foi revertida por Biden.

*Estadão

Leia também1 Plano de vacinação da Venezuela dá prioridade a políticos
2 EUA concordam que Teerã não deve ter arma nuclear
3 Conheça trajetória do príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II
4 Em fenômeno raro, onda de frio faz nevar na cidade de Jerusalém
5 Guiné receberá mais de 11 mil vacinas contra ebola no domingo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.