Leia também:
X Covid: Maduro pede ao Covax que envie vacinas ou devolva o dinheiro

EUA concluem demolição de edifício que desabou na Flórida

Decisão foi tomada em antecipação a uma tempestade tropical

Pleno.News - 05/07/2021 10h26 | atualizado em 05/07/2021 17h45

As autoridades locais decidiram demolir o restante do complexo residencial com explosivos Foto: EFE / CRISTOBAL HERRERA-ULASHKEVICH

O que restava do edifício que desabou no dia 24 de junho, na Flórida, e que deixou pelo menos 24 mortos, foi demolido na última madrugada em antecipação a uma tempestade tropical, segundo a presidente da Câmara Municipal de Miami-Dade, Daniella Levine.

De acordo com Levine, a demolição foi feita por meio de “pequenos explosivos estrategicamente colocados”.

A maioria do edifício de 12 andares, das torres de Champlain do Sul, desmoronou no meio da noite de 24 de junho, um dos piores desastres urbanos nos Estados Unidos.

As autoridades receavam que o restante do prédio pudesse ruir de modo descontrolado, ameaçando a segurança dos socorristas. Esse receio foi agravado pela chegada da tempestade tropical Elsa, esperada na Flórida na terça-feira (6).

A busca das vítimas foi suspensa no último sábado (3), em preparação para a demolição do que sobrou do edifício. O número de mortos na catástrofe chega a 24 e o de feridos a 121.

– A demolição foi limitada ao perímetro imediato do edifício. No entanto, há pó e outras partículas que são consequência inevitável de demolições de qualquer tipo; e, como medida de precaução, estamos pedindo aos moradores próximos que permaneçam em casa – informou Levine.

*Agência Brasil

Leia também1 Vídeo: Deslizamento deixa mortos e desaparecidos no Japão
2 Entre 53 países, Argentina é o pior para viver na pandemia
3 Cuba se prepara para furacão no pior momento da pandemia
4 Ex-conselheiro de Trump cria rede social para conservadores
5 Chinesa Great Wall compra fábrica da Mercedes em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.