Leia também:
X Odebrecht irá devolver dinheiro ao governo do Peru

Esqueleto de quase 500 anos é descoberto ainda com as botas

Achado foi feito às margens do rio Tâmisa, em Londres, Reino Unido

Camille Dornelles - 10/12/2018 12h22

Esqueleto com botas é encontrado no Tâmisa Foto: Divulgação/MOLA

Pesquisadores do Museu de Arqueologia de Londres (MOLA) anunciaram, na última sexta-feira (7), a descoberta de um esqueleto de mais de 500 anos às margens do rio Tâmisa, em Londres, Reino Unido.

O achado foi ainda mais impressionante pelo fato de o esqueleto ainda estar com as botas. Os calçados são de couro de excelente qualidade e perdurou por séculos, mesmo com a decomposição do corpo.

A causa da morte do esqueleto ainda não foi determinada, mas a localização e as botas sugerem que o homem trabalhava às margens do rio e se afogou. A arqueóloga Beth Richardson comentou sobre a descoberta.

– É extremamente raro achar qualquer bota do fim do século 15, principalmente um esqueleto ainda as usando. Elas eram feitas de couro, um material caro, de excelente qualidade, com solas extras e uma espécie de musgo para aquecer. É improvável que o homem tenha sido deliberadamente enterrado com as botas calçadas – declarou.

O esqueleto é de um homem de cerca de 35 anos e foi encontrado durante a preparação do solo para a instalação de um novo sistema de esgoto no bairro de Bermondsey.

se depararam com o esqueleto misterioso enquanto realizavam escavações no Chambers Wharf, no bairro de Bermondsey, um local que está sendo preparado para futuros trabalhos de esgoto.

Leia também1 2º Congresso de Arqueologia Bíblica acontecerá em SP
2 Arqueólogos encontram peças que foram de Pôncio Pilatos
3 Arqueólogos acham ossadas da época da escravidão em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.