CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Duas pessoas são mortas em 4º dia de protestos por Floyd

Esposa de policial que matou George Floyd pede o divórcio

Kellie Chauvin disse estar devastada com o que aconteceu e expressou solidariedade à família da vítima

Rafael Ramos - 30/05/2020 12h47

Esposa do policial Derek Chauvin pediu o divórcio Foto: Reprodução

Após ser preso e acusado de matar George Floyd, que impulsionou uma série de protestos nos Estados Unidos, o policial Derek Chauvin terá que encarar o pedido de divórcio de sua esposa, Kellie Chauvin. O comunicado foi feito, nesta sexta-feira (29), pelo escritório de advocacia Sekula Law Offices, que representa Kellie.

– Nesta noite, falei com Kellie Chauvin e sua família. Ela está devastada pela morte do senhor Floyd e compartilha sua simpatia com a família, entes queridos e todos que estão sofrendo com esta tragédia. Embora a senhora Chauvin não tenha filhos do casamento atual, respeitosamente solicita que seus filhos, pais e toda a família tenham segurança e privacidade neste momento difícil – informa a mensagem.

Derek foi expulso da polícia junto com outros três agentes. O policial se ajoelhou durante vários minutos sobre o pescoço de Floyd, que morreu deitado na rua por não conseguir respirar. Ele foi levado por uma ambulância sem sinais de vida. O promotor do condado de Hennepin, em Minnesota, Mike Freeman, apresentou acusações de homicídio culposo e assassinato em terceiro grau contra Derek Chauvin.

Leia também1 Duas pessoas são mortas em 4º dia de protestos por Floyd
2 Floyd e policial que o matou trabalharam na mesma boate
3 Lewis Hamilton protesta contra morte de George Floyd
4 Homem morto por policial ajudou a pregar o Evangelho
5 Nos EUA, policial que causou a morte de George Floyd é preso

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo