Espanha desmonta rede de tráfico sexual de brasileiras

Mulheres eram atraídas com promessa de trabalho e melhoria de vida

Pleno.News - 21/05/2019 08h12

Mulheres eram obrigadas a se prostituir para saldar dívida (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

A polícia da Espanha desarticulou uma organização especializada no tráfico de mulheres brasileiras para exploração sexual, informou nesta terça-feira (21) a instituição.

A operação, que ocorreu na cidade de Elche, em Alicante, terminou com a detenção de quatro pessoas: um cidadão espanhol, uma mulher e um homem brasileiros e um colombiano, informou a polícia.

As vítimas eram enganadas com a promessa de uma vida melhor na Espanha. Os integrantes da rede prometiam às mulheres trabalhos como garçonete e as mesmas, supostamente, só teriam que devolver o dinheiro da passagem de avião, que a organização pagava.

Antes das vítimas deixarem o Brasil, a rede informava às mesmas como entrar na Espanha através de outros países da União Europeia (UE).

Quando as vítimas chegavam à Espanha em absoluto desamparo, os integrantes da rede as obrigavam a saldar a dívida através da prostituição.

A mulher detida foi identificada como um dos membros mais fortes hierarquicamente dentro da rede, encarregada de receber as vítimas na Espanha e levá-las ao local onde eram obrigadas a se prostituir.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM+ Torre Eiffel é esvaziada após homem tentar escalá-la
+ Macri diz que volta de Cristina ao poder seria 'autodestruição'
+ Cara ou coroa? Eleição para prefeito é decidida na moeda


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo