Em julgamento, assassinos de turistas pedem perdão a Deus

Caso aconteceu no Marrocos, onde duas mulheres foram

Pleno.News - 18/07/2019 12h21

Trio que confessou crime foi condenado à morte Arte: Divulgação/Moroccan Police

Nesta quinta-feira (18), três criminosos chamaram a atenção durante o julgamento de assassinato que enfrentam. Eles são do Marrocos e foram acusados de matar duas turistas na região montanhosa do país.

No tribunal, receberam espaço para se pronunciarem perante o juiz. Em vez de pedir pela absolvição da corte, pediram que Deus os perdoasse. Abdessamad el Joud, Youness Ouziad, e Rachid Afati, confessaram anteriormente o crime e mostraram arrependimento diante do magistrado.

– Não há outro Deus. Que Deus nos perdoe – falaram os três.

O trio foi condenado por decapitar duas alpinistas escandinavas e recebeu a pena de morte. Outros 20 acusados negaram qualquer relação com os principais envolvidos, mostraram a “firme denúncia” do terrorismo e pediram clemência ao juiz.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM+ Polícia pede prorrogação da prisão de filhos de Flordelis
+ Estudante brasileiro é encontrado morto na China
+ Tinder: Casal é condenado por matar jovem em encontro


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo