Leia também:
X Estudo: China construiu quase 400 campos de concentração

Em ato inédito, Kim se desculpa por morte de sul-coreano

Oficial de Seul foi morto a tiros e teve corpo incinerado

Pleno.News - 25/09/2020 07h51 | atualizado em 25/09/2020 09h06

Kim Jong-un se desculpou por morte de oficial sul-coreano Foto: EFE/EPA/JORGE SILVA/ POOL

A Coreia do Sul disse que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pediu desculpas pelo assassinato de um oficial sul-coreano. O gabinete presidencial da Coreia do Sul afirmou nesta sexta-feira (25) que Kim apresentou um pedido de desculpas em uma mensagem para a Coreia do Sul. Segundo o gabinete, Kim chamou o incidente de “inesperado” e “infeliz”.

Na quinta-feira (24), a Coreia do Sul acusou a vizinha do Norte de matar a tiros um de seus servidores públicos que provavelmente tentou desertar para o Norte. Segundo Seul, o homem havia desaparecido de um navio do governo que estava inspecionando possíveis atividades de pesca ilegal numa área ao Sul da fronteira entre os países, na segunda-feira (21). No dia seguinte, ele foi morto a tiros e teve o corpo incendiado ao ser encontrado em águas norte-coreanas.

Autoridades sul-coreanas condenaram a Coreia do Norte, classificando o episódio como “ato atroz” e pediram punição aos responsáveis pelo ato, exigindo um pedido de desculpas. É extremamente incomum que um líder norte-coreano peça desculpas a um rival do sul.

*Estadão

Leia também1 Eduardo Bolsonaro teria sido um bom embaixador, diz chanceler
2 Estudo: China construiu quase 400 campos de concentração
3 Caça Gripen da Força Aérea faz seu primeiro voo no Brasil
4 Relatório liga filho de Joe Biden à rede de tráfico humano
5 Vacina da Sinovac poderá ser aplicada já no início de 2021

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.