Leia também:
X Coldplay adia shows no Brasil após “grave infecção pulmonar”

Elon Musk volta atrás e aceita comprar Twitter, diz imprensa dos EUA

Bloomberg e Washington Post divulgaram informações nesta terça-feira

Pleno.News - 04/10/2022 15h10 | atualizado em 04/10/2022 20h22

Elon Musk Foto: EFE/EPA/ALEXANDER BECHER // Arte: Pleno.News

Nesta terça-feira (4), os jornais Bloomberg e Washington Post reportaram que o bilionário Elon Musk voltou atrás e aceitou comprar o Twitter pelo preço original: 44 bilhões de dólares (cerca de R$ 237 bilhões).

Musk e o Twitter ainda não se pronunciaram sobre a negociação. As informações são do G1 e da Agência EFE.

Os dois jornais americanos se basearam em fontes que estariam acompanhando a negociação de perto.

Citando fontes que pediram anonimato, a Bloomberg disse que o empresário apresentou ao Twitter a nova proposta, que envolverá o pagamento de 54,20 dólares por ação.

Logo após a notícia ser divulgada, as ações da empresa dispararam mais de 12% em Nova Iorque. Às 12h20 (horário local; 13h20 de Brasília), as ações do Twitter na Bolsa de Nova Iorque eram negociadas a 47,95 dólares por unidade.

A negociação pode marcar o fim da novela envolvendo a compra da rede social.

Após confirmar que compraria a companhia, Musk desistiu da transação, em julho, argumentando que havia encontrado um descumprimento substancial de várias disposições do acordo, incluindo o número de contas falsas contabilizadas pela empresa. Em resposta, o Twitter processou o empresário. A primeira audiência judicial do caso chegou a ser marcada para 17 de outubro no estado de Delaware (EUA).

Leia também1 Zelensky e Musk discutem em rede social após 'plano de paz'
2 Itália pede extradição de Robinho, condenado por estupro
3 Ditador da Nicarágua, Ortega parabeniza Lula após 1° turno
4 Trump parabeniza Bolsonaro: 'Posição forte para vitória'
5 Donald Trump processa CNN dos EUA por difamação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.