Leia também:
X Facebook remove da rede página de militares de Mianmar

Cristão e conservador, ator de Hércules é censurado pelo Facebook

Kevin Sorbo teve página excluída sem motivo aparente

Gabriela Doria - 22/02/2021 22h18 | atualizado em 23/02/2021 10h04

Ator Kevin Sorbo denuncia censura do Facebook e do Twitter Foto: Reprodução

O ator norte-americano Kevin Sorbo, conhecido pelo seu papel no filme Hércules, denunciou nas redes e na TV que vem sofrendo censura por parte do Facebook e do Twitter. Sorbo tinha mais de 500 mil seguidores na plataforma comandada por Mark Zuckerberg.

Segundo o ator, nem o Facebook nem o Twitter justificaram a exclusão de sua página, medida que ele considerou uma forma de “silenciamento”.

– Não me disseram absolutamente nada. Quero dizer, eles vêm me censurando desde o ano passado. Me disseram que estão propositalmente deixando apenas algumas pessoas verem as postagens que eu faço – disse o ator conservador à rede de TV Fox News.

Para Korbo, não há por que censurar suas páginas, pois o que ele publica são apenas questionamentos sobre temas atuais, como a pandemia da Covid-19 e política.

– Eu posto mensagens de médicos dizendo: “Ei, vejam o outro lado da questão da Covid-19”; “vejam o outro lado da questão da fraude eleitoral” e “o que vocês acham?”. Basicamente o que eu posto é isso, e isso é o suficiente para irritá-los e derrubar minha conta. Não sei. Adoraria receber uma resposta, acredite em mim – acrescentou.

Sorbo também classificou o movimento das gigantes da tecnologia como uma forma de “cancelamento”.

– Isso é cancelamento total. Quer dizer, olhe, eu não posto coisas que querem causar tumultos ou causar brigas e raiva e ódio. Eu posto coisas como, “vamos ter uma discussão sobre esse pessoal” – explicou Sorbo.

Leia também1 Facebook remove da rede página de militares de Mianmar
2 WhatsApp adota sanções para quem não aceitar "mudanças"
3 Facebook veta acesso de notícias da Austrália por lei polêmica
4 Facebook irá restringir alcance de conteúdo político no Brasil
5 Amazon retira livro contra o transgenerismo de seu catálogo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.