Leia também:
X Espanha registra 1º dia sem mortes por Covid na pandemia

Cristã e patriota, saiba quem é a chefe de imprensa de Trump

Kayleigh McEnany é defensora "feroz" do atual presidente norte-americano

Paulo Moura - 01/06/2020 15h42

Nova secretária de Imprensa de Trump, Kayleigh McEnany Foto: EFE/EPA/Yuri Gripas

A nova dona de um dos cargos mais difíceis dentro do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conta com uma ajuda primordial para o seu sucesso: Deus.

Cristã, Kayleigh McEnany agora será a secretária de Imprensa do governo norte-americano. A escolha, segundo ela mesma, faz parte um grande propósito de Deus.

– Acredito que Deus me colocou neste lugar para um propósito e por uma razão, como Ele faz com toda e qualquer vida. Estamos todos aqui por uma razão – disse ela em entrevista ao portal cristão CBN News.

A secretária terá a missão de apresentar, explicar e defender as decisões e políticas de Trump em meio aos ataques de uma mídia que tenta diariamente hostilizar o chefe de Estado dos EUA com notícias falsas e narrativas distorcidas.

Frequentemente em oração, McEnany revelou que estava nervosa e ansiosa antes de sua primeira coletiva no cargo, mas que após orar junto com sua família se sentiu confiante para a nova função.

– Eu estava extremamente nervosa e sentindo muita ansiedade. Liguei para minha mãe e, no viva-voz, minha família e todos nós oramos juntos e, de repente, respirei fundo e, depois dessas orações, segui em frente. Senti tanta força, entrei e conversei com o Presidente, e depois saí e fiz o trabalho que só poderia ser feito se Deus estivesse lá, me ajudando no caminho – relatou.

E foi justamente a fé que fez a nova secretária de Imprensa passar por um momento difícil no último ano, quando descobriu que a mãe e outras mulheres da família possuíam um gene com alta probabilidade para o câncer de mama, que também foi replicado nela.

– Era perto da véspera de Natal, e eu estava chorando porque recebi uma ligação do médico dizendo que eu tinha essa mutação genética. Eu não sabia o que fazer com a notícia – disse.

Após se casar, McElnany fez a mastectomia com apoio do esposo, Sean Gilmartin, e disse estar praticamente livre da possibilidade de ser afetada pela doença.

– Fiz uma mastectomia poupadora de mamilo e eles removeram o tecido mamário. Hoje posso dizer que nunca vou ter câncer de mama. Minhas chances são de 0,001% por causa dessa escolha – afirmou

Questionada se conseguiria defender o presidente Donald Trump, a jovem respondeu prontamente que encontra no atual chefe de Estado uma pessoa que defende a liberdade religiosa e que, por isso, tem a ousadia para defendê-lo.

– As pessoas são atacadas por sua fé, não apenas eu, mas homens e mulheres cristãos em todo o país. É lamentável, mas acho que encontramos uma voz real no Presidente Trump, que defende a liberdade religiosa, é a favor da vida e nos deu essa ousadia – completou.

Leia também1 EUA doam 2 milhões de doses de hidroxicloroquina ao Brasil
2 Bolsonaro defende classificar Antifa como grupo terrorista
3 Felipe Neto é criticado ao atacar Neymar na internet
4 Bolsonaro critica incoerência da CNN ao abordar atos
5 Ato em São Paulo tem tumulto e confronto com policiais

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.