Leia também:
X Desenho infantil mostra órgão sexual gigante e vira polêmica

Covid: Órgão regulador europeu aprova uso da vacina Moderna

Comissão Europeia deve liberar a aplicação ainda nesta quarta

Thamirys Andrade - 06/01/2021 12h49 | atualizado em 06/01/2021 14h30

Imunizante da Moderna apresentou 94,1% de eficácia Foto: Divulgação/Moderna

Nesta quarta-feira (6), a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou o uso emergencial da vacina da Moderna contra à Covid-19. Em breve, o imunizante deve começar a ser aplicado nos 27 países do bloco, tornando-se a segunda vacina disponível no continente.

– A EMA recomendou a concessão de uma autorização de introdução condicional no mercado da vacina contra Covid-19 da Moderna para prevenir a doença por coronavírus (Covid-19) em pessoas a partir dos 18 anos de idade – afirmou o órgão, em seu site oficial.

Com o aval da entidade, que equivale à Anvisa no Brasil, a última etapa depende apenas da Comissão Europeia, que deve liberar o imunizante ainda nesta quarta.

Com 94,1% de eficácia, a vacina da Moderna se une ao imunizante da Pfizer no combate à pandemia na Europa, que luta contra variantes mais transmissíveis da doença. Ambas as vacinas necessitam de duas doses e usam a tecnologia do RNA mensageiro. Por esse motivo, devem ser armazenadas em temperaturas muito baixas: -70°C no caso da Pfizer, e -20°C no caso da Moderna.

Leia também1 Bolsonaro suspende compra de seringas devido à alta nos preços
2 OMS deve autorizar vacina de Oxford entre fevereiro e março
3 Alemanha estende lockdown nacional até fim do mês
4 Governo nega que a Índia esteja proibindo exportação de vacina
5 'Incrivelmente preocupado', diz ministro sobre mutação da covid

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.