CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Rússia conclui testes de sua vacina contra o coronavírus

Covid: Marcha em Berlim pede fim às medidas restritivas

Manifestantes acusam governo de usar o coronavírus para gerar medo

Rafael Ramos - 01/08/2020 15h59 | atualizado em 01/08/2020 16h20

Com quase 10 mil mortes causadas pelo novo coronavírus, a Alemanha foi palco de um protesto, neste sábado (1º), em Berlim. Uma multidão formada por 17 mil pessoas pedia pelo fim do isolamento social e de outras medidas de prevenção impostas pela pandemia.

Chamado de “O fim da pandemia — Dia da liberdade”, o protesto foi organizado por pessoas que se dizem pensadores livres. Os participantes gritavam palavras de ordem e acusavam o governo de querer usar o vírus para gerar medo entre a população.

– É uma tática de medo, o vírus não apresenta mais perigo. Não conheço outras pessoas doentes. Conheci muitas pessoas doentes em março, esquiadores, turistas, algo realmente aconteceu em fevereiro, mas agora não há mais – disse Iris Birzenmeier à imprensa que acompanhava o ato.

Leia também1 Rússia conclui testes de sua vacina contra o coronavírus
2 Líder religioso é preso por sabotar combate à Covid-19
3 Covid-19: Mundo já tem mais de 10 milhões de curados
4 Covas rompe com Comitê do Coronavírus criado por Doria
5 Defensora da cloroquina é pastora e contra união de gays

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo