Leia também:
X Vulcão caribenho sofre erupção e população é deslocada

Príncipe Philip: Corpo ficará no Castelo de Windsor até funeral

Marido da Rainha Elizabeth II morreu nesta sexta-feira

Pleno.News - 09/04/2021 14h38 | atualizado em 09/04/2021 15h17

Corpo do príncipe Philip permanecerá no Castelo de Windsor até o funeral Foto: Reprodução/The Royal Family

O corpo do príncipe Philip, morto nesta sexta-feira (9), aos 99 anos de idade, permanecerá no Castelo de Windsor, a residência da família real perto de Londres, até que o funeral seja realizado na adjacente Capela de São Jorge, informou a instituição heráldica College of Arms.

A entidade, fundada em 1484 e composta por membros da instituição monárquica, afirmou em comunicado que a data e os detalhes da cerimônia, que poderia levar vários dias, serão divulgados oportunamente pelo Palácio Buckingham, a residência oficial londrina da Rainha Elizabeth II.

O College of Arms salientou que, devido à pandemia, é solicitado aos súditos que não compareçam nem participem de qualquer evento relacionado ao funeral ou enterro. E um apelo secundado pelo governo exige que nenhuma flor seja colocada em frente aos palácios.

Como divulgado anteriormente, o funeral não será uma cerimônia de Estado e não será precedido por um velório público. Philip jazerá no Castelo de Windsor, “de acordo com a tradição de um membro de seu posto e com seus desejos”, segundo a entidade.

A instituição, que supervisiona o protocolo, também informou que as bandeiras devem ser hasteadas a meio mastro a partir de agora até as 8h da manhã do dia seguinte ao funeral, e todas as bandeiras não oficiais devem ser removidas ou substituídas pelas britânicas ou regionais.

O Ministério da Cultura estendeu as instruções a órgãos governamentais dentro e fora do Reino Unido e advertiu que bandeiras não oficiais, como a LGBTQIA+, devem ser removidas.

O College of Arms disse, em sua nota oficial, que os títulos de Philip serão herdados pelo príncipe Charles, seu filho primogênito e segundo na linha sucessória.

A Abadia de Westminster, onde Philip casou com a então Princesa Elizabeth, em 20 de novembro de 1947, e onde celebrou os aniversários subsequentes, anunciou que tocará o sino 99 vezes, uma a cada 60 segundos, a partir das 14h (de Brasília), em homenagem ao Duque de Edimburgo.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 "Inspirou jovens", declara Boris Johnson sobre o príncipe Philip
2 Morre o príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth, aos 99 anos
3 Bisneto da rainha Elizabeth II nasce no chão do banheiro
4 Harry e Meghan decepcionaram príncipe Charles, diz fonte
5 Coral do casamento de Harry defende o príncipe Charles

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.