Leia também:
X Talibã está com 85 bilhões de dólares em armamento dos EUA

China determina tempo que os jovens podem gastar com jogos

Novas regras limitam ainda mais o tempo que já era restrito

Monique Mello - 30/08/2021 14h23 | atualizado em 30/08/2021 15h22

Presidente chinês Xi Jinping Foto: Fotos Públicas/Kremlin

A China acaba de anunciar novas medidas para reduzir o tempo gasto por menores de idade com os jogos online. Nesta segunda-feira (30), a agência estatal oficial Xinhua informou a nova regulamentação, válida a partir desta quarta-feira (1º).

Os menores de idade poderão acessar os games apenas entre 20h e 21h no horário local, às sextas-feiras, aos sábados, domingos e feriados. Nos dias da semana, o acesso é terminantemente proibido. Durante as férias escolares, a regra “afrouxa” um pouco, com o limite de uma hora por dia.

No entanto, não se trata da primeira medida adotada pelo governo chinês para reduzir o tempo que os jovens passam online. Em novembro de 2019, os jogadores menores de idade passaram a ter uma hora e meia livre durante a semana e três horas nos fins de semana e feriados. Algo um pouco mais flexível do que as novas regras.

De acordo com o governo chinês, as medidas são reflexo da preocupação com a forma com que os jovens utilizam o tempo livre. A agência Xinhua chegou a chamar os games de “ópio espiritual”. As autoridades também informam que objetivo da nova limitação é “impedir a indulgência excessiva em jogos e proteger a saúde física e mental de menores de idade”.

A agência que regula o setor também anunciou que aumentará a fiscalização para garantir que as companhias estão de fato adotando as novas normas do governo contra o vício.

Leia também1 Biden acusa China de esconder 'informação crucial' sobre Covid
2 Relatório aponta que chineses são pagos para espionar cristãos
3 'Quando falar que o PT roubou, diga quem roubou', reclama Lula
4 Mourão diz que Amazônia é alvo da política externa da China
5 Socialista George Soros chama Xi Jinping de "inimigo perigoso"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.