Leia também:
X Revista Time elege Elon Musk como Personalidade do Ano

China detecta primeiro caso da variante Ômicron no país

Paciente assintomático ficou em quarentena após chegada ao país

Pleno.News - 13/12/2021 12h43 | atualizado em 13/12/2021 14h06

ruas china pandemia covid-19 coronavírus
China tem política de tolerância zero contra o coronavírus Foto: EFE/EPA/ROMAN PILIPEY

A China informou nesta segunda-feira (13) que detectou o primeiro contágio no país pela variante Ômicron do coronavírus, causador da Covid-19.

O caso foi reportado na cidade de Tianjin, pela TV estatal CGTN. Segundo a emissora, o contágio pela variante Ômicron foi importado do exterior.

No final de novembro, especialistas chineses reconheceram que havia uma “elevada probabilidade” de que a nova variante pudesse chegar à China, mas expressaram confiança nas estratégias de prevenção rigorosas do país para impedir a transmissão.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre a nacionalidade e o histórico de viagem da pessoa infectada, um paciente assintomático que ficou em quarentena após a chegar à China.

Citando as autoridades locais, o canal acrescentou que os testes mostraram a existência da variante Ômicron na pessoa infectada em 9 de dezembro, o que foi posteriormente confirmado pelo Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças.

O jornal Global Times acrescentou que a pessoa está agora isolada em um hospital de Tianjin, que fica a 111 quilômetros da capital, Pequim.

Dois dos primeiros casos da nova variante foram encontrados no final de novembro em Hong Kong, em dois homens em quarentena em hotéis do aeroporto da ex-colônia britânica.

Os casos foram revelados quando Hong Kong se preparava para reabrir a fronteira com a China continental, algo para o que ainda não foi anunciada uma data oficial.

A China, que tem uma política de tolerância zero contra o coronavírus, tem implementado rigorosos controles de fronteira desde março de 2020, incluindo uma quarentena obrigatória de pelo menos 14 dias em hotel, paga pelo viajante. Mas, ainda assim, não conseguiu evitar a ocorrência periódica de pequenos surtos.

O último foi na província de Zhejiang, que relatou 74 novas infecções transmitidas localmente na segunda-feira.

O número total de casos ativos na China continental está em 1.381, de acordo com as últimas estatísticas oficiais, e 27 deles se encontram em estado grave. O país acumula 4.636 mortes por coronavírus desde o início da pandemia.

*EFE

Leia também1 Reino Unido confirma morte pela Ômicron, a 1ª no mundo
2 Governo editará portaria para atender à determinação do STF
3 ConecteSUS e outros sistemas 'voltarão ao ar' semana que vem
4 Bebê vacinada por engano contra a Covid-19 recebe alta
5 Governo diz ao STF que adotou medidas contra a Ômicron

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.