Leia também:
X Miami: Chega a cinco número de mortes em desabamento

Cesare Battisti é transferido de prisão e encerra greve de fome

Ex-terrorista foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato de quatro pessoas na década de 1970

Monique Mello - 27/06/2021 13h30 | atualizado em 27/06/2021 13h32

Cesare Battisti foi condenado à prisão perpétua Foto: Reprodução/Youtube

O ex-terrorista italiano Cesare Battisti foi transferido neste sábado (26) do presídio de Rossano, na Calábria, para o de Ferrara, na Emilia-Romagna, informou o Sindicato Autônomo da Polícia Penitenciária (Sappe).

Condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos cometidos na década de 1970, o italiano iniciou greve de fome em 2 de junho para pedir mudança no regime prisional. Sua alegação era a falta de socialização, pois o local onde estava tinha apenas jihadistas.

Após a mudança de prisão, Battisti deu fim ao protesto.

– Cesare Battisti provavelmente, graças ao apoio político recebido, foi transferido da prisão de Rossano, instituto que não lhe agradava, para Ferrara. Lembremos que entre os homicídios cometidos por Battisti também está aquele do marechal Santoro, então comandante do presídio de Údine. Esperamos que agora ele desconte a pena prevista, ou seja, a perpétua, após tantos anos de fuga da Justiça e que, para os familiares, é a pena mais justa – disse o secretário-geral-adjunto do Sappe, Giovanni Battista Durante.

Na sexta-feira (25), a deputada do Partido Democrático Enza Bruno Bossio alertou o Estado para o regime ao qual Battisti estava sendo submetido e disse que trabalharia para que as solicitações fossem atendidas – já que o ex-terrorista “reconheceu os crimes e não está contestando a pena de prisão perpétua”.

 

Leia também1 Ministro britânico da Saúde é flagrado com amante e renuncia
2 Ex-vocalista do Skid Row morre aos 55 anos, sem recursos
3 Ex-mulher de Pazuello pediu para depor na CPI, diz colunista
4 Irã afirma que é possível retomar o acordo nuclear
5 Helicóptero com presidente da Colômbia a bordo é atacado a tiros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.