Leia também:
X Biden anuncia sanções à Rússia e o envio de tropas da Otan

Casa Branca descarta reunião entre Putin e Biden no momento

Porta-voz do governo disse ainda que espera um recuo da Rússia sobre a Ucrânia

Pleno.News - 22/02/2022 21h51 | atualizado em 23/02/2022 10h11

Porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, comentou sobre situação na Ucrânia Foto: EFE/EPA/Ken Cedeno

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta terça-feira (22) que uma reunião do presidente russo, Vladimir Putin, com o homólogo americano, Joe Biden, está fora de cogitação no momento, e que a diplomacia não pode seguir a menos que a Rússia mude sua postura.

Em coletiva de imprensa, a representante indicou que espera uma desescalada por parte de Moscou para que os contatos possam continuar e disse: “Nunca vamos fechar a porta para a diplomacia”.

Sobre as sanções contra a Rússia, Psaki falou que ainda há “várias opções sobre a mesa que teriam impacto devastador para Rússia”. Segundo ela, a possibilidade de expulsar o país da Sociedade de Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais (Swift, na sigla em inglês) está mantida, e “seria significativo”.

Sobre a chance de as medidas anunciadas hoje serem um efeito reduzido na Rússia, Psaki respondeu: “Não esperamos que sanções tenham impacto imediato, intenção é postura mais abrangente”.

Psaki respondeu ainda sobre as tratativas de um retorno ao Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) de 2015, que seguem ocorrendo em Viena. Segundo a representante, “houve progressos substanciais nas negociações sobre acordo nuclear nos últimos dias”, e caso o Irã tenha “seriedade, um retorno ao acordo nuclear é possível”.

Além disso, a porta-voz afirmou que a discussão sobre prisioneiros com Teerã estão ocorrendo por canais separados das negociações sobre o JCPOA.

*AE

Leia também1 Biden anuncia sanções à Rússia e o envio de tropas da Otan
2 Rússia anuncia retirada de seus diplomatas da Ucrânia
3 Na ONU, Brasil pede que Rússia retire tropas da Ucrânia
4 Putin diz que Rússia está pronta para 'desmilitarizar a Ucrânia'
5 'Acordos de paz com a Ucrânia não existem mais', afirma Putin

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.