Leia também:
X No Peru, candidato defende aguardente contra Covid-19

AstraZeneca: Canadá não indica vacina para menores de 55 anos

Comitê Assessor Nacional em Imunização adotou a medida como precaução

Pleno.News - 29/03/2021 19h55 | atualizado em 29/03/2021 19h58

Canadá recomenda não usar vacina da AstraZeneca em menores de 55 anos Foto: EFE/Made Nagi/Archivo

As autoridades sanitárias do Canadá recomendaram, nesta segunda-feira (29), a suspensão do uso da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca para pessoas com menos de 55 anos de idade, diante de alguns casos de reações adversas na Europa.

O Comitê Assessor Nacional em Imunização do Canadá (Naci) adotou a medida como precaução depois que cerca de 500 mil doses foram administradas no país.

O Ministério da Saúde declarou que até o momento não foram relatados casos de trombose com trombocitopenia (uma diminuição no número de plaquetas no sangue) no país, embora tenha recebido relatos de outros casos que não os mesmos da Europa.

Em resposta a esses relatórios, o governo solicitará aos fabricantes de vacinas que realizem uma avaliação detalhada dos benefícios e riscos da vacina por idade e sexo no contexto interno canadense. As autoridades sanitárias destacaram que os dados fornecidos pelas empresas farmacêuticas determinarão se é necessária uma ação regulatória adicional.

O Canadá está recebendo duas vacinas contra a Covid-19 diferentes, uma produzida pela AstraZeneca, uma empresa anglo-sueca, e outra produzida pelo Instituto Serum, da Índia. Há duas semanas, após relatos de alguns efeitos colaterais, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, frisou em uma entrevista coletiva que o imunizante do laboratório europeu era “seguro e eficaz”.

Nesta terça-feira (30), está prevista a chegada de 1,5 milhão de doses da vacina da AstraZeneca fornecidas pelos Estados Unidos, cujas autoridades sanitárias ainda não aprovaram o uso emergencial do medicamento.

Já no Canadá, o imunizante foi liberado em fevereiro, depois que a Pfizer e a Moderna relataram uma redução de envios para o país da América do Norte.

Embora seja o país do mundo que adquiriu a maioria das doses de vacinas contra Covid-19 per capita, com mais de 400 milhões para uma população de cerca de 38 milhões, a campanha de imunização está atrasada. Os últimos números mostram que 11,78% dos habitantes recebeu pelo menos uma inoculação, o que deixa o Canadá em 36º lugar em todo o mundo.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Cheio de ironia, Doria diz que vai vacinar "o gado e os robôs"
2 No Peru, candidato defende aguardente contra Covid-19
3 Covid: Queiroga pede 50 milhões de doses à Pfizer 'o quanto antes'
4 Vacinas da Pfizer e Moderna são altamente efetivas, aponta CDC
5 Idosa de 80 anos anda 5 km a pé e não consegue ser vacinada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.