Leia também:
X Harry e Meghan se mudam para nova casa antes do parto

Caçador ilegal é pisoteado por elefante e comido por leões

Caso aconteceu na África do Sul

Gabriela Doria - 07/04/2019 23h06 | atualizado em 08/04/2019 09h59

Caçador ilegal morreu pisoteado por elefante e foi comido por grupo de leões Foto: Pixabay

Um caçador ilegal de rinocerontes morreu pisoteado por um elefante e seu corpo foi comido por um grupo de leões. O caso aconteceu no Parque Nacional Kruger, na África do Sul.

Colegas que estavam com o caçador avisaram à família que ele tinha tinha morrido. Os parentes informaram o ocorrido à guarda florestal.

Após buscas, os agentes encontraram um crânio humano e um par de calças.

O Parque Nacional Kruger enviou uma nota de pesar aos familiares do caçador.

– Entrar no Parque Nacional Kruger ilegalmente e a pé não é (uma decisão) inteligente. Há muitos perigos e esse incidente é prova disso – declarou a instituição.

CAÇA ILEGAL
O continente africano sofre com a caça ilegal de rinocerontes e outros animais selvagens. Alguns chegam à beira da extinção total.

O objetivo dos caçadores de rinoceronte é vender seus chifres no mercado negro de países asiáticos, cuja cultura acredita que tenham poderes curativos.

Neste sábado (6), agentes do aeroporto de Hong Kong, na China, apreenderam o maior chifre de rinoceronte dos últimos cinco anos. O objeto está avaliado em US$ 2,1 milhões, pouco mais de R$ 8 milhões.

Leia também1 Obras no RioZoo encontram tesouro arqueológico imperial
2 Brasileiro tenta ser o 1º a atravessar a Antártida de bike
3 Veja outra missão na África visitada por Marquezine

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.