Leia também:
X CEO da Pfizer: Vacinação anual seria melhor do que reforços

Biden promete usar seu poder para garantir direito ao aborto

Presidente norte-americano falou que procedimento corre risco de ser revogado

Pleno.News - 24/01/2022 18h25 | atualizado em 25/01/2022 10h13

Presidente dos EUA Joe Biden defendeu a prática do aborto Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltou a defender o direito ao aborto e prometeu usar todos os meios disponíveis para garantir às mulheres o direito de interromper a gravidez. O acesso ao procedimento está em análise na Suprema Corte dos EUA, que pode revogar o entendimento sobre o assunto e tornar o aborto ilegal novamente.

Em um comunicado divulgado no último sábado (22), no 49º aniversário do julgamento que ficou conhecido como Roe vs. Wade – quando a Suprema Corte considerou constitucional o direito ao aborto -, Biden pontuou que se trata de um “direito constitucional” que está “sob ataque como nunca antes”.

– É um direito que acreditamos que deve ser consagrado em lei e estamos comprometidos em defendê-lo com todas as ferramentas à nossa disposição – disse no comunicado, assinado também pela vice-presidente Kamala Harris.

Biden e Kamala não chegaram a citar a palavra “aborto” no documento, mas se mostraram preocupados com as tentativas de “restringir o acesso à saúde sexual e à saúde reprodutiva” – movimento visto especialmente no Texas, no Mississippi e em outros estados do país.

A revogação do direito ao aborto só se tornou viável depois que a Suprema Corte dos EUA passou ser ocupada também por juízes conservadores – sendo os três últimos indicados pelo ex-presidente Donald Trump.

Leia também1 Aborto: Macron pede à UE que reconheça "direito fundamental"
2 Com viés antiaborto, Parlamento Europeu elege nova presidente
3 Tensão na Ucrânia: Otan envia navios e jatos ao Leste Europeu
4 EUA esvaziam embaixada na Ucrânia e orientam saída do país
5 EUA cancelam 44 voos da China em resposta a Pequim

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.