Leia também:
X Cuba aprova decreto de internet que inibe manifestações contra o governo

Biden previa controle do Talibã no Afeganistão só no fim do ano

Para o presidente dos EUA, não teria como encerrar a presença americana na região sem "caos"

Pleno.News - 19/08/2021 09h36 | atualizado em 19/08/2021 09h54

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos Foto: Reprodução/YouTube/The White House

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltou a defender o processo de retirada das tropas americanas do Afeganistão e afirmou que não havia consenso entre os órgãos de inteligência de que o Talibã tomaria o controle do país de forma tão rápida.

– Eles disseram que era mais provável de ocorrer no fim do ano – disse o democrata, em entrevista à ABC News.

Biden comentou que o grupo fundamentalista enfrenta “uma crise existencial” sobre se deseja seguir com a política extremista ou ser reconhecido pela comunidade internacional como um governo legitimo. Segundo ele, não teria como encerrar a presença americana na região sem “caos”.

Questionado sobre a situação das mulheres sob a autoridade do Talibã, o presidente alegou que os EUA não podem garantir os direitos humanos por meio das Forças Armadas.

– A maneira de lidar com isso não é com invasão militar – argumentou.

*AE

Leia também1 Aprovação de Biden atinge nível menor após avanço do Talibã
2 FMI bloqueia acesso do Talibã a cerca de US$ 400 milhões
3 Presidente afegão teria roubado R$ 902 milhões do país em fuga
4 Talibã exige lista de meninas e viúvas para 'casamento' forçado
5 Vídeos chocantes mostram talibãs em bate-bate e academia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.