Leia também:
X CPAC 2021 nos EUA terá Trump e debates sobre fraude na eleição

Biden bombardeia a Síria em pouco mais de 1 mês de governo

Pentágono disse que a ação é uma resposta aos recentes ataques contra as tropas da coalizão americana e internacional no Iraque

Pleno.News - 26/02/2021 09h42 | atualizado em 26/02/2021 10h21

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos Foto: EFE/EPA/Doug Mills

Os Estados Unidos bombardearam, nesta quinta-feira (25), supostas posições das milícias pró-iranianas na Síria, em primeiro ataque ordenado pelo presidente Joe Biden desde que assumiu o cargo, segundo informações do Pentágono.

– Sob instruções do presidente Biden, as forças militares americanas realizaram esta noite ataques aéreos contra a infraestrutura utilizada por grupos militantes apoiados pelo Irã no leste da Síria – declarou Washington em comunicado.

Os EUA afirmaram que os ataques aéreos destruíram várias instalações localizadas em um posto de controle fronteiriço próximo ao Iraque e utilizadas pelo Kataib Hezbollah e outras milícias pró-iranianas.

O Pentágono disse que a ação é uma resposta aos recentes ataques contra as tropas da coalizão americana e internacional no Iraque, assim como o que definiu como ameaças contínuas a esse pessoal.

– Esta operação envia uma mensagem inequívoca: o presidente Biden agirá para proteger o pessoal dos EUA e da coalizão – frisou o Departamento de Defesa americano.

A embaixada dos EUA em Bagdá foi alvo de um ataque na última segunda-feira (22), quando dois foguetes Katiusha atingiram o exterior de suas instalações na chamada Zona Verde.

Uma semana antes, no dia 15, um soldado americano foi ferido e um empreiteiro foi morto em Erbil, a capital do Curdistão iraquiano, após o impacto de vários katiushas, três dos quais no aeroporto da capital.

*EFE

Leia também1 EUA: Procurador já tem acesso a declarações de IR de Trump
2 Polícia crê em possível ataque ao Capitólio em discurso de Biden
3 Merkel anuncia que países da UE terão passaporte de vacinação
4 Covid-19: Portugal prorroga confinamento até 16 de março
5 Reino Unido rebaixa nível de alerta por pandemia da Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.