Leia também:
X Venezuela aumenta salário mínimo, mas ele só vale R$ 15

Base com presença dos EUA volta a ser atacada no Iraque

Quatro membros das forças aéreas iraquianas teriam ficado feridos

Pleno.News - 12/01/2020 15h39 | atualizado em 12/01/2020 19h05

Base de Al Balad Foto: Divulgação/Exército dos EUA

Pelo menos quatro membros das forças aéreas do Iraque ficaram feridos neste domingo (12), por conta de impacto de foguetes na base militar de Al Balad, no Iraque, na qual tropas americanas estão presentes e localizadas na província de Saladino, no centro do país.

A Célula de Comunicação de Segurança confirmou em comunicado a queda de oito projéteis do tipo Katyusha nesta base ao norte de Bagdá e que já foi atacada várias vezes nos últimos dias, causando ferimentos a quatro tropas iraquianas, incluindo dois oficiais.

Uma fonte do Comando de Operações de Saladino, que pediu anonimato, disse à Agência Efe que os feridos foram levados para um hospital e confirmou que as vítimas eram cidadãos iraquianos.

Localizada ao norte de Bagdá, Al Balad é uma das maiores bases aéreas do país árabe e possui um arsenal de caças F16 que o Iraque adquiriu dos Estados Unidos, além de receber tropas americanas.

No entanto, fontes de segurança disseram à Efe que pelo menos parte das forças estrangeiras posicionadas ali teria deixado a base após os recentes ataques cruzados entre Washington e Teerã no território iraquiano.

Este é o terceiro ataque de mísseis contra essa base nos últimos dias, depois que na última quinta-feira (9), um foguete caiu próximo ao local, sem causar baixas e há uma semana, sua parte sul foi atacada, causando danos materiais a alguns armazéns de armas do Exército iraquiano.

Nos últimos dias, também aconteceram várias ações noturnas de foguetes contra a Zona Verde de Bagdá, onde estão localizadas embaixadas, incluindo a dos Estados Unidos e edifícios governamentais.

*Agência EFE

Leia também1 Trump sobre protestos no Irã: "O mundo está de olho"
2 No Irã, manifestantes pedem saída do líder supremo do país
3 General do Irã assume culpa por queda de avião da Ucrânia

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.