Leia também:
X Trump pressiona TikTok: “Ou vendem, ou fecharão”

Atentado às Torres Gêmeas de Nova Iorque completa 19 anos

Presidente Donald Trump pediu para que tragédia nunca seja esquecida

Pleno.News - 11/09/2020 10h36

Nesta sexta-feira (11), o atentado terrorista contra o World Trade Center, em Nova Iorque, Estados Unidos, completa 19 anos. O dia começou marcado por homenagens às vítimas e mensagens sobre a memória da tragédia.

O presidente norte-americano, Donald Trump, publicou uma mensagem em seu Twitter sobre o compromisso de não esquecer o que ocorreu.

– Em 2001, nossa nação, unida diante de Deus, fez uma promessa inquebrável de nunca esquecer dos quase 3 mil americanos inocentes que foram insensivelmente mortos no dia 11 de Setembro. Neste dia sagrado – o dia da Patriota – nós solenemente honramos este compromisso – escreveu.

Imagens impressionantes do ataque às Torres Gêmeas chocaram o mundo no momento do atentado. No ano passado, uma família encontrou fotos inéditas da tragédia, que estavam armazenadas em uma coleção de CDs que foi comprada em um bazar.

Elas agora estão no museu que foi construído no lugar das torres, o Ground Zero, em português Marco Zero. Você pode conferir as imagens na galeria acima.

RELEMBRE
O atentado foi parte de uma série de ataques terroristas que aconteceram em 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. O mais expressivo deles foi no World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, no qual terroristas colidiram nas Torres Gêmeas com dois aviões que haviam sequestrado.

Uma terceira aeronave bateu no Pentágono, perto da capital norte-americana Washington, D.C. Essa ocasionou a morte de 125 pessoas que estavam no prédio e também dos ocupantes do avião.

Um quarto avião caiu na Pensilvânia. Seu destino era o Capitólio ou a Casa Branca, mas os passageiros lutaram contra os terroristas e assumiram o controle do avião. Ao todo, quase três mil pessoas morreram na série de atentados. O responsável pela tragédia foi o grupo terrorista denominado al-Qaeda, liderado e fundado por Osama bin Laden, que acabou morto pelo Exército americano em maio de 2011.

Leia também1 Pela 1ª vez, Criança Esperança não pedirá dinheiro ao público
2 Jim Caviezel atua em filme sobre perseguição aos cristãos
3 Setembro Amarelo: Você sabe como surgiu a campanha?
4 Herdeira da Gucci diz que mãe permitiu abusos do padrasto
5 Web pede #CancelNetflix em protesto contra o filme Cuties

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.