Leia também:
X Índia supera 18 milhões de casos do novo coronavírus

Argentina abre registro de sementes de cannabis para cultivo medicinal

Governo assinou resolução nesta quarta-feira

Pleno.News - 29/04/2021 15h31 | atualizado em 29/04/2021 15h53

Argentina abre registro de sementes de cannabis para cultivo medicinal Foto: Vick Bufano | Unsplash

O governo da Argentina assinou, nesta quarta-feira (29), uma resolução que permitirá o registro de sementes da espécie cannabis sativa L para cultivo para uso medicinal e pesquisa, informaram fontes oficiais.

De acordo com a resolução conjunta assinada pelos ministros da Agricultura, Pecuária e Pesca, Luis Basterra, e da Saúde, Carla Vizzotti, as sementes podem ser protocoladas no Registro Nacional de Cultivares.

– A nova resolução avançará a padronização das sementes para uso em culturas controladas, a fim de garantir a segurança e a qualidade dos produtos utilizados no campo médico – informou o Ministério da Agricultura em nota oficial.

O texto também destacou a opinião do responsável pela pasta.

– Este desenvolvimento nos permite avançar no cultivo ordenado e controlado, de modo que não haja pontos fracos na instrumentação da produção – afirmou Basterra, no comunicado.

O presidente do Sistema Nacional de Sementes da Argentina (Inase), Joaquín Serrano, salientou a importância da medida para o que chamou de “soberania genética” do país.

– É um grande passo à frente que dá luz a todos os elos da cadeia, desde a pesquisa e desenvolvimento nacional até a produção para impulsionar a indústria nacional de sementes, neste caso relacionada com a indústria médica – comemorou Serrano.

Em 2017, o Parlamento argentino aprovou uma lei que permitia o cultivo de cannabis para fins medicinais, mas a lei só foi regulamentada em novembro do ano passado.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 "Ouvimos notícias encorajadoras da Argentina e do Brasil"
2 Fernández pede “renovação” da arquitetura financeira mundial
3 Argentina registra 1ª morte no país por 'aborto legalizado'
4 FMI crê que recuperação dos EUA favorecerá América Latina
5 Argentina: Inflação volta a subir em meio a 2ª onda da pandemia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.