Leia também:
X Presidente e governo finlandês aprovam candidatura à Otan

Após três décadas, McDonald’s anuncia que deixará a Rússia

Multinacional informou que iniciará o processo de saída do país com a venda dos negócios locais

Pleno.News - 16/05/2022 12h09 | atualizado em 16/05/2022 12h17

McDonald’s anuncia encerramento dos negócios na Rússia Foto: Pixabay

Três décadas após entrar na Rússia como um símbolo do capitalismo nos escombros da União Soviética, o McDonald’s anunciou, nesta segunda-feira (16), que iniciará o processo de saída do país com a venda dos negócios locais. Segundo comunicado, a medida é uma resposta à “crise humanitária” decorrente da invasão russa da Ucrânia.

A empresa espera incorrer em encargo entre 1,2 bilhão e 1,4 bilhão de dólares (entre R$ 6 bilhões e R$ 7 bilhões) com os planos de desinvestimento. A rede americana venderá todas as filiais russas de seus restaurantes a um comprador local, embora pretenda manter a posse da marca comercial no país.

Em março, após o início da ofensiva russa na Ucrânia, o McDonald’s havia anunciado que fecharia temporariamente as mais de 800 lojas na Rússia. A decisão acompanhou um êxodo de empresas ocidentais do país, à medida que Estados Unidos e aliados adotaram uma série de sanções contra Moscou. O CEO da companhia, Chris Kempczinski, afirmou que a decisão é difícil, mas inevitável.

– Temos um compromisso com nossa comunidade global e devemos permanecer firmes em nossos valores. E nosso compromisso com nossos valores significa que não podemos mais manter os Arcos brilhando lá – disse, em referência aos arcos que são a marca registrada da multinacional.

*AE

Leia também1 Mourão sobre defesa do AI-5: "Cada um com sua loucura"
2 Pacheco janta com Alexandre de Moraes, Gilmar e Lewandowski
3 Jovem é batizada em represa onde o noivo morreu afogado
4 Presidente e governo finlandês aprovam candidatura à Otan
5 Michelle Bolsonaro viaja a Israel com Damares e outros pastores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.